Tipos de divulgação marketing médico: marketing offline e digital

Você possui uma clínica e está pensando divulga-la, porém a sua dúvida é por onde começar? Calma, no post de hoje vamos explicar os tipos de divulgação no marketing médico e como adota-los.

Existem dois tipos de divulgação, entre eles: o marketing offline e o marketing digital para médicos, embora seja possível optar por ambos, é essencial entender que a forma como eles funciona é bem diferente.

Marketing offline para médicos

O marketing offline como o próprio nome diz é aquele que acontece fora da internet, ou seja, as ações aplicadas procuram atingir pessoas que não estão inseridas no ambiente online.

Alguns exemplos de marketing médico offline são: jornais, revistas, rádios, cartões de visita, outdoors, panfletos, propaganda por telefone e até mesmo o marketing boca a boca.

Marketing digital para médicos

De forma resumida, o marketing digital para médicos consisti em estratégias aplicadas e adaptadas para a os meios digitais e também para os dispositivos móveis.

Ele depende exclusivamente de canais online para atingir o efeito desejado e suas principais características que o torna vantajoso é o baixo custo, ampla divulgação e grande alcance oferecidos.

A seguir, vamos apresentar algumas estratégias para você adotar no marketing médico.

Saiba como divulgar sua clínica

Site e Google Meu Negócio

Ter uma presença online não é uma tarefa muito simples e para ter sucesso nessa missão aconselho contar com a ajuda de uma agência especializada no marketing médico.

A primeira recomendação é ter um site próprio, dessa forma será possível fazer com que os pacientes conheçam mais sobre seu trabalho. Outra dica é apostar no Google Meu Negócio, uma ferramenta que ajuda a dar maior visibilidade a sua clínica, de maneira que as pessoas a encontre mais facilmente.

Produção de conteúdo relevante

A produção de conteúdo relevante é essencial para quem deseja apostar no marketing médico, por isso invista em um blog e entregue conteúdos de valores sobre sua especialidade, ou de assuntos recorrentes da sua área. Além de atrair seus pacientes, terá mais autoridade e credibilidade, de maneira que eles confiem no seu trabalho. Um bom exemplo de marketing médico que nós apreciamos é o blog Dermatologista Especialista, com muito conteúdo relevante.

Redes sociais

As redes sociais são sem dúvidas importantes para a divulgação de sua clínica, mas nada adianta ter uma página no Facebook ou uma conta no Instagram e não as manter atualizadas constantemente.

Isso porque, elas são excelentes ferramentas para engajar o público e fazer com que sua marca seja notada. Por esse motivo, estar presente nelas é fundamental para melhorar o relacionamento com seus potenciais pacientes.

Porém, para não ter problemas com a divulgação de seu consultório nas redes sociais, é essencial realizar um planejamento adequado em relação a estratégia de marketing médico e evitar erros comuns que apresentamos a seguir.

Como evitar erros nas redes sociais de seu consultório

Manter uma marca sem personalidade

Entregar a mensagem certa da maneira correta nas redes sociais é a chave para o sucesso de sua clínica e se você não está fazendo isso, sinal de que está cometendo um erro grave.

Ao usar uma linguagem incorreta, maiores serão as chances de suas campanhas não alcançarem os resultados almejados. Portanto, procure entender os anseios e objeções da sua audiência, para conseguir usar as estratégias adequadas e causar interesse aos seus pacientes em potenciais nas suas publicações.

Estude a fundo sua marca, conheça os interesses dos seus pacientes, descubra o que ele espera de uma clínica, com todas essas informações em mãos, será possível criar um conteúdo mais segmentado e eficaz.

Compartilhar posts iguais

Outro grande erro que muitos profissionais da saúde comente nas redes sociais é compartilhar o mesmo post em plataformas diferentes, isso porque elas apresentam diferentes características e isso exige abordagens diferenciadas.

Apesar de seus pacientes estarem presentes em ambas redes sociais elas apresentam funcionalidades diferentes. Vamos a um exemplo prático: o Facebook permite a inserção de link diretos, de maneira que o usuário possa clicar e ser direcionado para determinado conteúdo.

Enquanto o Instagram não possui essa funcionalidade, portanto, o ideal é usar outro tipo de estratégia, como apostar em fotos atrativas e informações sobre a estrutura da clínica e o que você tem a oferecer.

Não ter uma estratégia clara e definida

Não ter uma estratégia clara e definida é outro grande erro cometido no marketing médico, antes de começar a usar essas ferramentas, faça um planejamento estratégico para entender como os objetivos que a serem alcançados.

Lembre-se também de identificar erros que estão impedindo o sucesso de suas campanhas para modificar as estratégias e conseguir um melhor engajamento de sua marca.

A concorrência também deve ser analisada, de forma que possa entender qual a abordagem a ser utilizada e como ela consegue atrair o público.

Querer estar presente em todas as redes sociais

Querer estar presente em todas as redes sociais nem sempre é o melhor caminho, isso porque, existem muitos meios digitais que muitas vezes seu tipo de público alvo não estará inserido.

E com isso, poderá estar perdendo tempo em algo que não vale a pena, portanto, para evitar esse erro, primeiramente descubra as redes sociais que seus pacientes utilizam para investir nas campanhas adequadas e aumentar as chances de trazer bons resultados para sua clínica.

Não conhecer o público-alvo

Do que adianta ter um plano de marketing médico e não saber o que seus pacientes tem medo, o que eles desejam, quais são as suas dificuldades e objetivos?!

Ao praticar esse erro, saiba que pode estar colocando tudo a perder, até porque, ao identificar a resposta uma dessas perguntas, será possível criar conteúdos segmentados, a fim de solucionar os problemas dos seus pacientes.

A partir do momento que você consegue entregar conteúdos relevantes que agreguem valor, aumenta as chances de compartilhamento e engajamento, além de conseguir ganhar a confiança de seus pacientes.

Focar na quantidade de seguidores e métricas de vaidade

Por último, um erro gravíssimo é focar somente na quantidade de seguidores e métricas de vaidade, ou seja, dados que não influenciam na tomada de decisão, entre eles estão: números de likes em publicações; número de seguidores de qualquer rede social e número de visualizações de páginas.

As métricas que devem ser realmente levadas em consideração são aquelas informações que ajudam a verificar se os investimentos realizados estão dando o retorno esperado, como: taxa de conversão de campanhas, LTV (Lifetime Value), medida de acordo com o tempo que um paciente usou seu serviço médico e quanto lucro você obteve nesse período; CAC (Custo de Aquisição por Cliente) e número de visitantes.

Não se esqueça que ao mesmo tempo em que as redes sociais podem ser ótimas ferramentas os tipos de divulgação no marketing médico, não saber usá-las podem trazer grandes prejuízos e por isso a importância de contar com uma agência especializada em marketing médico.

Veja mais

Veja mais

Rolar para o topo