Como montar uma Loja Virtual passo a passo

10 minutos para ler

Como montar uma Loja Virtual é um questionamento recorrente entre empreendedores. Cada vez mais as pessoas buscam formas de aumentar o faturamento de seus negócios e atrair novos clientes.

Mas para criar uma loja virtual, são necessários alguns passos básicos para que seu novo formato de comércio seja bem-sucedido.

Muito embora, para uma parcela dos empresários brasileiros os empreendimentos online possam parecer extremamente desafiadores analisados de maneira crua, quando você segue métodos eficazes ele se torna extremamente simples e rentável.

Como pode ser observado em diversos meios de comunicação, o comércio eletrônico no Brasil vai muito bem obrigado, somente no primeiro semestre de 2017 o faturamento superou a marca de R$21 bilhões, um crescimento de cerca de 7% em comparação a 2016, ou seja, é uma fatia do mercado que você não pode mais perder caso queira aumentar os seus ganhos.

Com isso, através deste artigo queremos elucidar todos os processos para que você tenha sucesso com a sua loja virtual. Iremos apontar todos os pontos chave de como montar uma loja virtual e todos os passos que você deve seguir para obter os resultados esperados.

Como montar uma loja virtual: método eficaz

Montar uma loja virtual envolve diversos processos, desde o planejamento, desenvolvimento, execução, testes e homologação. Mas com todas elas bem definidas, o resultado esperado é facilmente obtido. Para entender melhor todos eles, vamos observar melhor conforme os pontos elucidados abaixo.

  • Planejamento do negócio
  • Contratação da empresa/agência
  • Definição da plataforma
  • Definição das formas de pagamento
  • Definição dos métodos logísticos
  • Segurança
  • Otimização para motores de busca (SEO)
  • Marketing Digital

Como pode ser observado, são pontos cruciais que devem ser muito bem planejados para que a sua loja virtual traga os resultados esperados. Para uma melhor compreensão de cada ponto, abaixo colocamos mais detalhadamente cada item

Planejamento

O planejamento é o ponto de partida para um empreendimento bem-sucedido, nessa fase, você irá observar o mercado e ver como os seus concorrentes estão atuando; assim, você terá plena certeza de que quando o projeto for concluído, ele também partirá concorrendo de forma eficaz com os demais players do mercado.

Nesta fase, você também fará o planejamento quanto ao que você quer e pode investir na sua loja virtual. Algumas pessoas nos questionam: “como montar uma loja virtual sem investimento?”. Infelizmente, é impossível criar um negócio de sucesso sem que você invista dedicação, tempo e dinheiro.

Obviamente que é possível abrir uma loja virtual com pouco valor investido, mas isso exigirá de você mais tempo e dedicação; no final das contas, você investe de uma forma ou de outra, e quando você investe corretamente, o resultado é sempre positivo.

Se você já possui uma loja física e quer ampliar suas vendas para o meio eletrônico, você já tem a definição de que nicho de mercado irá atender. Agora se você vai começar do zero, é importante buscar por um nicho que você tenha conhecimento, pois isso tornará todas as etapas do negócio mais fáceis e rentáveis.

Em geral, nichos específicos tendem a ser mais lucrativos, no entanto, quanto mais específico for o seu público, menor será a quantidade de pessoas buscando pelo seu produto ou serviço.

Contratação da Agência

Tendo a parte de planejamento concluída, é importante buscar uma empresa que poderá lhe dar todo o suporte na hora da criação da sua loja virtual, seja pela questão do design da loja, seja pela escolha da plataforma a ser utilizada, ou até mesmo pelo treinamento caso você não conheça as plataformas disponíveis para a criação de lojas virtuais.

Uma empresa especializada, lhe dará todo o suporte na hora de colocar o seu negócio em prática. Pois é ela que poderá indicar a melhor plataforma de acordo com o seu nível de familiarização com a Web, fazer toda a instalação e desenvolvimento das áreas necessárias para o bom funcionamento da sua loja.

Definição da Plataforma

Escolher uma plataforma que atenda suas necessidades é fundamental para que você não acabe ficando na mão no meio do caminho, não é mesmo? Já ouvi muitas vezes questões como: “como montar uma loja virtual no Facebook?”, ou “como montar uma loja virtual no meu computador de casa?”, novamente essas duas questões passam pelo ‘investimento’.

Quanto você deseja investir para a sua loja virtual? Você quer vender pelo Facebook ou outras redes sociais? É perfeitamente possível, basta publicar o que você vende nos grupos e esperar as pessoas demonstrarem interesse; mas e depois, como as pessoas irão pagar? E se elas quiserem parcelar no cartão de crédito? E se quiserem que você emita um boleto? E se você tiver que enviar para outro estado?

Por isso, é fundamental que a escolha da plataforma para a sua loja virtual seja feita de acordo com a sua necessidade e o quanto você deseja investir no seu negócio.

Na SEMarketing, trabalhamos com duas plataformas para lojas virtuais, ambas mundialmente conhecidas e certificadas pela sua confiança e estabilidade. Vejamos abaixo uma pequena descrição de cada uma e como elas podem lhe atender.

  • WordPress + WooCommerce: O WordPress é o maior gerenciador de conteúdo da Web, ele é utilizado em milhares de sites em todo o mundo, seu poder de processamento e extensão são quase infinitos devido aos inúmeros plugins que adicionam variadas funcionalidades; o WooCommerce é um desses plugins, que adiciona a possibilidade de criar uma Loja Virtual utilizando esse excelente gerenciador de conteúdo. Nesta opção, você terá um sistema criado para gerir conteúdo com a adição de uma loja virtual, tendo funcionais todos os sistemas como pagamento e envio dos produtos que você comercializar.
  • OpenCart: O OpenCart é um sistema criado especificamente para Lojas Virtuais, nele você terá maior segurança dos dados e maior facilidade de acesso ao cadastro dos seus produtos, gerar relatório de suas vendas e um sistema dedicado exclusivamente a sua loja virtual.

Definir os Métodos de Pagamento

Definir desde o início do projeto as formas de pagamento que serão aceitas evita transtornos durante a execução do projeto, uma vez que eles geralmente são feito por gateways, ou seja, empresas que fazem a intermediação do pagamento.

Alguns dos exemplos desses intermediadores mais conhecidos são o Paypal, PagSeguro e o Mercado Pago, no entanto, outras dezenas de intermediadores vem surgindo no mercado.

Uma das vantagens de utilizar os intermediadores, é que você não necessita realizar contratos diretos com as operadoras de cartão, bancos e demais instituições financeiras, além disso, eles já disponibilizam inúmeras formas para o seu cliente na hora de pagar, como boleto, cartão de crédito e débito, e parcelamento, tudo de acordo com o que você definir.

Vale ressaltar ainda, que através dos intermediadores, você tem proteção extra contra golpes, uma vez que eles fazem análise antifraude em cada compra, reduzindo sensivelmente a possibilidade de você enviar o produto e não receber o valor pago.

Definir as Plataformas Logísticas

Atualmente existem diversas maneiras para você enviar um produto para um cliente, seja através dos Correios, seja por uma das milhares de transportadoras brasileiras.

O envio através dos Correios, é um dos mais tradicionais e utilizados atualmente, com ele, seu cliente tem a opção de rastrear o recebimento do produto e ter uma previsão de chegada, ainda, no momento da compra, é possível fazer o cálculo estimado de quanto custará o envio e qual o prazo médio de entrega na localidade do seu cliente.

Além disso, esse método de envio torna-se mais prático por não exigir um contrato ou tabela de preços com uma transportadora.

Optando por utilizar uma determinada transportadora, é necessário avaliar os prazos de entrega, custos de transporte e definir todos os parâmetros dentro da sua loja virtual, pois através deste método, você não tem como calcular no momento da compra a previsão do custo e prazo, mas, a grosso modo as transportadoras levam vantagem em relação aos Correios quando se trata de prazo de entrega e preço, principalmente quando você tem uma tabela e um contrato definido.

Segurança

Esse quesito é parte fundamental para que os seus cliente sintam-se confortáveis ao efetuarem compras na sua loja virtual. Questionamentos como “como montar uma loja virtual segura?” são pertinentes entre aqueles que estão buscando ampliar o seu negócio para a Web.

Aqui, vale o que já foi mencionado acima, a definição da plataforma utilizada e os métodos de pagamento irão contribuir muito para a segurança da sua loja. Basicamente, você precisa utilizar uma plataforma consolidada e amplamente testada, possuir certificados digitais para garantir a criptografia dos dados transacionados e manter sistemas de suporte a segurança da sua loja.

Assim como já comentado acima, as lojas que a SEMarketing desenvolve utilizam plataformas seguras e amplamente testadas e atestadas pela sua segurança, estabilidade e eficácia; para aumentar ainda mais a camada de segurança, incluímos extensões que visam coibir criminosos contra o roubo de dados do seu site. Tudo para que você possa vender com segurança e tranquilidade.

Otmização para Motores de Busca (SEO)

Este é um ponto amplamente debatido em todos os canais da Web, de nada adianta você colocar a sua loja virtual para funcionar, se os motores de busca não conseguem visualizar a mesma. Sabemos que isso acaba gerando a falta da sua loja nas páginas de pesquisa, e se o seu cliente for pesquisa no Google, por exemplo, pela sua loja e não encontrá-la, ele acabará indo comprar do seu concorrente.

Por isso é importante definir as estratégias de SEO e fazer uso de ferramentas que possibilitam que o seu site seja lido e indexado nos motores de busca, assim, toda vez que o seu cliente pesquisar pela sua empresa, ele facilmente achará o que está buscando, evitando de comprar do seu concorrente.

Investir em Marketing Digital

Este é um ponto de fundamental importância para o sucesso do seu negócio. Como sabemos, as pessoas passam inúmeras horas por dia conectadas, e na maioria das vezes, o fazem através dos seus smartphones e tablets.

Tendo isso em mente, é importante que você defina uma estratégia de marketing digital nas redes sociais, divulgue a sua loja e os seus produtos entre os seus amigos e familiares, crie uma fanpage para que as pessoas possam curtir e ver o que você comercializa.

Em um mercado cada vez mais competitivo, é importante ter uma estratégia para enfrentar os seus concorrentes e alcançar o sucesso almejado. Caso você queira mais informações sobre como criar uma boa estratégia de marketing digital, visite nosso artigo sobre a importância da presença da sua empresa nas redes sociais.

Posts relacionados

Deixe um comentário